O Carisma de fundar compete somente ao fundador, ele não pode transmitir para ninguém, só ele quem vai fundar a obra. Mas, o carisma, esse dom que está nele, que é a espiritualidade da obra e da missão, precisa ser transmitido para que os membros possam conhecer suas experiências, seus pensamentos, aprender dele os gestos, as palavras, o olhar, a forma de pensar, de raciocinar sobre a Igreja, sobre a economia, política, etc. É o fundador que vai manifestar como é tudo isso por meio do carisma. Por causa do Carisma que está nele há uma maneira de ver as coisas, e é assim que os membros devem ver, há uma maneira de escuta e assim que os membros devem escutar, há uma maneira de falar e é assim que seus membros devem falar.

Não é imitar o fundador, mas ser a pessoa que se é, com sua personalidade, com seu temperamento, mas dentro do próprio jeito de ser, reconhecer e viver toda a dimensão que o fundador está dizendo, está colocando para os membros.

Por exemplo, a forma que Dom Bosco se relacionava com os meninos do oratório: ele jogava, cantava, tocava, e nesses momentos de estar com os meninos ele ia transmitindo o Carisma que estava nele. Não é somente no momento em que se estar rezando ou pregando, que o fundador está dando do seu carisma, mas quando ele está junto naturalmente manifesta-o para os seus.

Como o fundador transmite o carisma, como é a presença dele na sua comunidade? Quando ele evangeliza, quando ele aconselha, como ele faz? Esse estar junto, estar próximo, até o escutar o fundador confessando um pecado, pode nos formar no carisma?

Temos de ficar bem atentos com o mover do carisma a através do fundador, pois muitas palavras do dele nos remetem para dentro de nós, para trazermos para fora justamente aquilo que ele está nos formando. O fundador nos remete para dentro de nós. Quando ele confessa um pecado nos formam no carisma, então nós podemos dizer: “eu também fiz isso, eu também fiz aquilo”. Quando o fundador conta uma história de sua vida, nós também vamos lembrando fatos de nossa história, reconhecendo na própria história o carisma. Tudo aquilo que o fundador vai falando, vai nos formando.