Nos três primeiros meses de vacinação contra o covid, no Brasil, a Anvisa que é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, teve o registro de 106 notificações de óbitos, suspeitos de serem causados pelas vacinas; e 1.290 notificações de reações adversas, suspeitas de estarem associadas com a vacinação. Estes dados foram registrados até o dia 16 de março de 2021, após dois meses e meio do inicio da primeira campanha de vacinação contra o covid. Os registros dos óbitos e reações adversas foram feitas principalmente por médicos e profissionais da saúde.(1)

Não é somente no Brasil que é investigada as reações adversas destas vacinas. “Em 16 países da Europa, a vacinação foi suspensa” (2), por apresentar reações como tromboses, suspeitas de estarem relacionadas as vacinas.

Por outro lado, em Israel, uma empresa de informática oferece uma pulseira verde aos funcionários que se vacinaram contra o covid. Na pulseira está escrito em inglês: “Um novo mundo, novas oportunidades”(3). Estas pulseiras que também são conhecidas como a “pulseira da liberdade”, oferece para quem usa-la, uma série de benefícios em empresas e na sociedade. Os israelitas que não foram vacinados não terão estes mesmos privilégios e nem terão acesso livre em restaurantes e em alguns lugares públicos.

Os descendentes de famílias católicas aprendem, desde pequenos sobre os principais mistérios da salvação, mas aprendem também a interpretar os sinais dos tempos através dos acontecimentos da vida diária. Como cristãos, sabemos o significado profético do povo de Israel.

Hoje, os olhos da humanidade estão sendo voltados para Israel, que se tornou o país pioneiro da vacinação contra o covid. Junto neste mesmo pacote de imunização, o povo desta nação recebe facilidades, um alargamento das “portas da prosperidade” para quem é imunizado. Em contra partida, os não imunizados terão suas vidas dificultadas. Este cenário nos faz lembrar o significado da “porta larga” e da “porta estreita” (Mt 7, 13s), também nos faz recordar o que São João nos deixou escrito no Livro do Apocalipse, sobre aqueles que teriam acesso para comprar e vender; e aqueles que não teriam acesso, devido a fidelidade aos princípios do Evangelho (Ap 13, 16-17).

Que o Senhor nos conceda o Espírito Santo de sabedoria, para compreendermos os sinais dos dias de hoje, e fazermos a opção pela verdade.

Cleonice Macedo Kamer

(1) Estudos Nacionais – https://www.estudosnacionais.com/31405/suspeitas-de-mortes-por-vacinas-chegam-a-106-notificacoes-e-1-290-reacoes-adversas/
(2) IBID
(3) https://www.timesofisrael.com/employers-face-legal-terra-incognita-with-vaccinated-and-unvaccinated-workers/