Quem são estes de vestes brancas e palmas na mão? São os sobreviventes da grande tribulação, que vivemos na nossa própria vida, em que temos grandes coisas para resolver. Os sobreviventes da grande tribulação, lavaram e alvejaram suas vestes no sangue do Cordeiro. Nós sabemos que uma roupa manchada de sangue é muito difícil de lavar, como então lavar e alvejar as suas vestes no sangue do cordeiro?

O sangue de Jesus não é igual ao nosso sangue. O sangue do cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo é um sangue diferente, o Sangue Cristo nos resgatou, nos comprou, nos fez um povo Seu. São Pedro ensina que fomos resgatados pelo Sangue do Cordeiro de Deus mediante “a aspersão do seu sangue” (1Pe 1, 2). “Porque vós sabeis que não é por bens perecíveis, como a prata e o ouro, que tendes sido resgatados da vossa vã maneira de viver, recebida por tradição de vossos pais, mas pelo precioso Sangue de Cristo, o Cordeiro imaculado e sem defeito algum, aquele que foi predestinado antes da criação do mundo” (1Pe 1,19). Se nós lavarmos as nossas vestes, ou seja, a veste do nosso batismo, no sangue do cordeiro dessa intimidade com Jesus, todos os dias, seremos os sobreviventes da grande tribulação.

A nossa vida deve estar toda na graça de Deus, mas se num dia eu digo basta, vamos perder tudo o que conquistamos até aqui. A palavra disse que devemos perseverar até morrer, até o fim, não podemos parar no meio, desistir da Graça de Deus. Precisamos viver a nossa vida com Jesus Cristo até o fim.