Estamos caminhando para o final do primeiro semestre deste ano de 2020. Os fatos, os acontecimentos, que marcaram a nossa realidade desde o inicio deste ano, nos faz lembrar das palavras do médico, que entendia muito bem do corpo e da alma humana, que é São Lucas.

São Lucas disse que aparecerão alguns sinais, que para a humanidade será motivo de aflição e desespero; para os cristãos no entanto, são sinais de esperança e de um novo animo(Lc 21, 25-28). “Quando começarem a acontecer estas coisas, reanimai-vos e levantai a vossa cabeça, porque se aproxima a vossa libertação” (Lc 21, 28), esta é uma promessa do Nosso Senhor, transmitida por São Lucas.

A natureza da criação tem nos deixado alguns sinais nestes dias. No inicio de 2020 o continente africano foi atingido pela pior nuvem de gafanhotos, que devorou as plantações e deixou um rastro de destruição em diversos países da África1. Também no inicio deste ano, que o ocidente começou a enfrentar o vírus que tem se alastrado pelo mundo, atingindo a vida de tantas pessoas.

Outro fato muito significativo ocorrido neste ano, e noticiada através da Sociedade Brasileira de Geologia, que comunicou que na noite do dia 10 de abril e na madrugada do dia 11 de abril deste ano, 15 vulcões entraram em erupção simultaneamente2. Estes 15 vulcões, parecendo que combinado, entraram juntos em erupção em várias partes diferentes do mundo, numa das datas máxima da liturgia católica, que é a sexta feira Santa e no sábado de Aleluia, ou seja, 10 e 11 de abril.

Uma mãe de família católica disse: que compara os sinais dos tempos de hoje, com uma faxina doméstica: “Se quero que a minha casa esteja impecável tenho que por tudo de cabeça para baixo: movo o sofá, empilho as cadeiras sobre a mesa, abro todos os armários…não fica nada em seu lugar. A minha casa fica um caos e em desordem. Limpo então embaixo de tudo. Livro-me de toda a porcaria. Volto a por o móvel no lugar certo. Finalmente minha casa está mais impecável do que nunca. É assim que eu vejo a confusão que está no mundo hoje. Uma verdadeira limpeza da casa começa com uma grande desordem”, disse esta mãe3.

Que com o auxílio do Espírito Santo, possamos reconhecer os sinais do nosso tempo, e sermos dóceis a Sua ação que nos conduz a conversão.

Cleonice Macedo Kamer